A comunidade está de cara nova!
Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Não se atualizar é, no mínimo, egoísmo

Não se atualizar é, no mínimo, egoísmo
Luiz Fernando Schvartzman
mar. 23 - 3 min de leitura
0 Curtidas
0 Comentários
0

Como você se sentiria se soubesse que o seu médico utiliza uma ferramenta ou equipamento da década de 80, em seu tratamento.

Ou, como você se sentiria se soubesse que existem outras ferramentas mais modernas que poderiam trazer melhores resultados e uma facilidade enorme para o seu tratamento?

Esse tipo de situação acontece mais do que imaginamos e o principal motivo para que isso aconteça é o fato deste profissional estar “acostumado” com a ferramenta antiga e estacionando em uma zona de conforto. Ou acredita que um investimento maior em uma nova tecnologia poderia ser “caro demais” e comprometer sua margem de lucro.

Seria muito frustrante, como consumidor, perceber que teve os resultados comprometidos, devido ao profissional no qual você confiou, preferiu optar por um caminho mais barato ou mais confortável. E pior, sabendo que a “economia” desta nova ferramenta custaria menos que um lanche por mês, dentro de um tratamento que pode mudar a sua vida.

Este tipo de situação não é raro, mas felizmente cada vez mais os clientes estão mais atentos e concientes das ferramentas disponíveis no mercado e valorizam mais aqueles profissionais que estão sempre atualizados. As tecnologias, da mesma forma estão se tornando cada vez mais acessíveis para todo tipo de profissional sem ter que fazer enormes investimentos, tornando ainda mais injustificável e injusta a escolha por um caminho mais simplório.

Dado este contexto, no mercado existem os dois tipos de profissionais, aqueles que estão na vanguarda da sua profissão e carreira, buscando as melhores ferramentas, tecnologias e conhecimento e encontram em seu caminho clientes que também gostam de se atualizar e invariavelmente investem para ter os melhores profissionais ao seu lado. E, por outro lado existem profissionais que preferem um caminho mais curto, simples e muitas vezes limitado, acabam se deparando com clientes que valorizam caminhos, mais simples e baratos.

Agora, se você, planejador, educador ou consultor financeiro, baseia boa parte do seu trabalho com seus clientes em uma planilha de excel, software lançado pela Microsoft há mais de 30 anos atrás, em 1985, certamente está privando os seus clientes dos melhores resultados. E se você ainda conheçe outras ferramentas que podem melhorar a qualidade do seu trabalho e trazer conforto para o seu cliente, seria no mínimo egoísmo, continuar usando planilhas de excel, submetendo seus clientes, a planilhas analógicas, com poucos recursos, sem integrações, aplicativos e facilidade.

 

Quer conhecer como a plataforma MEU VISTA funciona, e como você pode entregar o melhor do planejamento financeiro pessoal para os seus clientes, CLIQUE AQUI!


Denunciar publicação
0 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você